Ameaça de parto prematuro: quando o bebê ameaça nascer antes da hora

Posted on Jun 30 2012 - 6:21am by Mamães.net

Por mais que se queira controlar tudo o que ocorrerá na gestação de um filho, não se pode nunca esquecer que dentro da barriga há um ser que já possui vontades e necessidades próprias. Por isso, as mamães e os papais precisam se conscientizar de que alguns contratempos podem ocorrer, mas, isso, não quer dizer que os menininhos e as menininhas não serão normais.

 

 

 

Esse é o caso de quando as contrações se intensificam e ocorrem as ameaças de partos prematuros, que muitas vezes podem ocorrer, ou não. Dessa forma, pode haver muitas causas para que esses nascimentos ocorram antes do previsto. Entre elas estão a falta de repouso necessário e algumas doenças, como diabetes, pressão alta, infecções urinárias.

 

Controlar ansiedade.

Além de nos casos em que a mulher está esperando gêmeos e os seus organismos estão sobrecarregados. No entanto, para que não existam riscos de haver ameaças de partos prematuros, as gestantes devem fazer repouso, cuidar da sua alimentação e realizar exames pré-natais periodicamente. Assim, as chances serão bastante reduzidas.

 

No entanto, se as contrações se intensificarem e a ameaça de parto prematuro se confirmar, os papais e as mamães devem se preocupar muito mais em dar carinho e amor para os bebês que terão de ficar algum tempo nas incubadoras dos hospitais do que valorizarem as suas frustrações por não poderem levar as crianças para casa.

 

Muito carinho.

 

Além disso, nesse período em que os menininhos e as menininhas que nasceram antes do tempo estão nas UTI Neonatais, os acompanhamentos de bons médicos pediatras são fundamentais para que as crianças não fiquem com nenhumas sequelas e que os pais tenham todas as suas dúvidas esclarecidas. Ainda, os recém-nascidos precisarão muito do leite materno.

 

 

Pensar positivo.

 

Por isso, as mamães devem se concentrar em fazer repouso, estar muito bem psicologicamente e extremamente positivas, já que isso será passado para seus filhos através de cada mamada que terão.