Pernas inchadas durante a gravidez: o que fazer?

by Mamães.net on July 13, 2012

Alimentacao saudavel

Tudo estava indo tão bem, até que suas pernas começaram a inchar durante a gravidez? Não aguenta mais aquele desconforto de ficar sem posição, com os pés pesados, e por vezes as pernas inchadas parecem latejar? E os sapatos que não entram mais? Pois é, então está mesmo na hora de aposentá-los e passar a usar apenas sandalinhas mais confortáveis, mas algumas dicas vão ajudá-las a passar por esta fase de uma forma melhor.

 

Mas não se assuste: pernas inchadas não são sinal d efalta de saúde. Primeiro, é legal saber por que o inchaço acontece: ele não deve ser motivo de preocupação, só de incômodo mesmo. Conforme a criança vai crescendo o útero também cresce, é claro, e passa a comprimir alguns órgãos e os vasos pélvicos.

 

 

Controle do peno na gravidez

Isso acontece lá pelo fim do segundo, início do terceiro trimestre de gravidez. Por causa da compressão, o sangue que sai do coração e é bombeado para as pernas e pés e começa a ter cada vez mais dificuldade de fazer o caminho de volta.

 

Há mais quantidade de sangue durante a gravidez e esse aumento é produzido através da retenção de água no organismo. Quando o sangue sente mais dificuldade em fazer o caminho de volta ao coração a água extravasa e acaba causando o inchaço.

 

 

Hidroginastica contra inchaco

Quando a gravidez é de gêmeos ou a mulher está muito acima do peso recomendado o problema tende a se agravar. As dicas para manter a saúde são uma alimentação balanceada e vida saudável: o tabagismo, a vida sedentária e alimentação gordurosa e salgada tendem a aumentar o acúmulo de líquidos no organismo. Por isso, reduza o sal de seus alimentos e procure retirar o máximo possível de gordura.

 

Se puder, movimente-se mais, fazendo uma hidroginástica, por exemplo. Se não der, caminhe. Mas caminhar é diferente de simplesmente andar, é preciso tirar alguns minutos para o exercício em um ritmo constante, mesmo que seja lento. Aquelas meias de compressão também colaboram bastante para acabar com o incômodo das pernas inchadas, mas pergunte ao seu médico do pré-natal qual é a compressão adequada (baixa, média ou alta), e passe o dia inteiro com ela.

 

Meias de compressao

 

Mas fique atenta: pernas inchadas não são sinal de alarme a menos que acompanhadas por outros fatores, como sobrepeso de mais de um quilo por semana, dores na nuca, limitação excessiva do movimento dos dedos das mãos (sim, o inchaço também pode afetar os membros superiores) e formigação nos braços. Neste caso você pode estar com pressão alta e você deve falar com seu médico a respeito o mais breve possível.

 

 

Anterior:

Seguinte:

Deixe um comentário