Gravidez depois dos 30: é arriscado?

Posted on Aug 9 2012 - 8:00am by Mamães.net

Muito se falava em risco da gravidez depois dos 30 anos – em tempos idos, quando o papel da mulher na sociedade era casar cedo e logo ter filhos. Com o passar dos anos e com as conquistas femininas, como ter uma carreira profissional e independência financeira, por exemplo, a gravidez foi ficando para mais tarde – o chamado “envelhecimento da maternidade”.

 

A mulher contemporânea protela o sonho de ser mãe em função de sua vida profissional – e então surge o dilema da gravidez depois dos 30 anos. Mas vamos dar uma olhada no que especialistas dizem sobre isso.

 


O risco existe, claro, mas não somente em uma gravidez depois dos 30, o que acontece é que após os 35 anos as chances de uma gravidez diminuem, pois os óvulos estão envelhecidos, o que pode impedir uma gravidez planejada. Em função disso, alguns especialistas em reprodução humana recomendam que se planeje uma gravidez na melhor idade biológica, que é antes dos 30 anos – o que vai contra as estatísticas atuais, de que em vinte anos o número de mulheres grávidas com 30 anos ou mais aumentou em 70 mil.

 


Uma gravidez depois dos 30, exigirá muito mais cuidados do que uma gravidez em idade menos avançada, principalmente se for após os 35 anos, quando há o alto risco de diabetes e outro fator é que engravidando mais velha aumenta o risco do bebê nascer com Síndrome de Down.

 

Mas ao mesmo tempo em que há muita variáveis não tão favoráveis à mulheres grávidas depois dos 30 anos, há fatores que se forem considerados e seguidos, a grávida terá um período tranquilo de espera e um bebê saudável – desde que seja tratada direitinho e siga de forma correta as recomendações dos especialistas.


Portanto, planejada ou não, a gravidez aos 30 anos ou mais não preocupa tanto quanto antigamente, pois atualmente há mais recursos na medicina e conhece-se mais sobre as possibilidades de ficar grávida em uma idade mais avançada.