Não tenho plano de saúde para o parto. O que fazer?

by Mamães.net on September 13, 2012

 

Quem não tem plano de saúde, está em pleno processo de gravidez e em vias de realizar o trabalho de parto, possui duas opções: ou paga uma maternidade particular para ter seu bebê ou recorre ao SUS (Sistema Único de Saúde), que possui nível de qualidade bastante variável de acordo com as mais diversas regiões do país. Vamos explicar melhor essas duas situações.

 

Pagar uma maternidade particular para dar à luz ao seu bebê é muito mais simples quando essa contratação é feita com antecedência, através do chamado “plano maternidade”. Neste caso, os pais financiam com antecedência os custos do trabalho de parto (a partir do 5º mês), dividindo o custo total em parcelas fixas.

 

Publicidade - LAMG

O plano maternidade costuma englobar as despesas de internação (dois dias para procedimento normal, três dias para cesárea), além da cobertura das despesas relativas a medicamentos, berçário e alguns exames (alguns planos ainda incluem os honorários do anestesista).

 
Entretanto, os honorários dos médicos e dos assistentes não estão inclusos no plano contratado. Essa é uma das más notícias. A outra é que, como nem sempre as coisas ocorrem conforme o previsto, a mamãe poderá precisar ficar internada mais do que os dois dias cobertos pelo plano.

 

Neste caso, as diárias excedentes podem custar muito mais caro do que o plano maternidade contratado e tornar a despesa total extremamente salgada. Atualmente, as despesas com o procedimento normal costumam girar em torno de R$ 10 mil (se não houver necessidade de internação maior do que dois dias).

 
Já a outra opção, a do SUS, envolve a cobertura total das despesas do processo de gravidez. Todavia, antes de fazer essa opção, vale a pena consultar um médico de sua confiança e receber indicações dos melhores hospitais e maternidades públicas para realizar esse procedimento, ir em busca de outras mães que realizaram o procedimento nas referidas instituições.

 

 

Vale lembrar que um plano de saúde não cobre esse tipo de despesa se tiver sido contratado durante a gravidez.

Anterior:

Seguinte:

Deixe um comentário