Amamentação: o formato do bico do seio influencia?

Posted on Oct 17 2012 - 6:23am by cristina.castillo@pannacottagroup.com

 

Mamãe de primeira viagem tem um zilhão de dúvidas – e a gravidez nem teria graça se não tivesse. Afinal, ficar curiosa sobre as novidades da maternidade e querer saber a melhor forma de fazer tudo acontecer é típico de quem está esperando o ser mais importante da sua vida.

 

E a amamentação é um assunto que chama a atenção da mamãe de primeira viagem por vários aspectos, e um deles é justamente se o tamanho e a forma do bico do peito vai fazer diferença na hora da amamentação do bebê.

 

Mais uma vez, você está certa em se preocupar com isso, porque a forma que o bico terá quando a criança nascer vai ter bastante importância na pegada do peito. Como é extremamente importante que a amamentação aconteça desde as primeiras horas de vida do bebê, seu seio precisa estar preparado para se encaixar na biquinha do neném que, por sua vez, já nasce com o instinto para mamar – mas, no fundo, nem isso a gente nasce sabendo.

 
O que vai acontecer é que você terá que direcioná-lo e saber posicioná-lo de forma que ele possa sugar bem o colostro (aquele líquido esquisitinho e esbranquiçado que sai antes do leite e que é lotado de substâncias essenciais para o desenvolvimento da criança) e o leite propriamente dito sem muito esforço para não se cansar e ficar bem alimentado. Para isso, durante os meses de gravidez você deve preparar seu bico, de forma que ele tenha o formato adequado para se encaixar na boquinha.


Não importa nem um pouco se o seu bico é grande, pequeno, normal ou invertido, há exercícios e algumas dicas que farão ele ficar mais resistente e no formato ideal. Por exemplo, durante o banho, pegue uma bucha natural e esfregue-o bastante, não precisa ser com força, mas deve ser um ato normal e diário.

 

 

Ao longo do dia, procure também pegá-lo entre o indicador e o polegar e puxá-lo suavemente, girando-o um pouquinho para direita e para a esquerda. Isso fará com que ele saia e fique pronto quando for estimulado pelo seu filhote.

 


Como ele não ficará pronto da noite para o dia, esses exercícios devem ser feitos ao longo de todo o segundo trimestre de gestação, pelo menos. Assim, quando seu filhote nascer será mais fácil ele tomar seus primeiros golinhos e você se sentirá plena na sua maternidade.