Melhores modelos de cadeirinhas de carro para bebês

by Denise Huguet on November 22, 2012

 

 

Está quase chegando a hora – e a cada dia que passa você fica mais ansiosa, tentando ver se não está esquecendo alguma coisa importante. Afinal, quanto mais perto a hora do parto fica, mais bate insegurança em relação ao enxoval do bebê, ao quarto do neném, aos acessórios…

 

Mas não esqueça que a segurança do bebê também é fundamental – e, em alguns casos, uma obrigação, como no caso da cadeirinha de carro para bebê: uma exigência da lei que salva vidas.

 

Publicidade - LAMG

 

Ele ainda está na sua barriga, mas logo, logo você estará saindo com ele para todos os lugares – e a cadeirinha de carro para bebê é um item que precisa fazer parte do seu dia-a-dia.

 

 

A “Lei da Cadeirinha”, como é conhecida a Resolução 277 de 28 de maio de 2008 do Contran, determina o uso obrigatório do acessório para menores de 10 anos, mas, especificamente para crianças entre zero e 12 meses, o transporte deve ser feito em bebê-conforto; de 1 a 4 anos em cadeirinhas, e a partir daí até os 10 em assento elevatório. Depois disso o cinto de segurança deve ser usado normalmente.

Com a diversificação do mercado, há vários modelos tanto de bebê-conforto quanto de cadeirinhas de carro para bebê para todos os gostos e bolsos, e é um item de segurança do bebê que evita que ele seja jogado para fora do carro em caso de batida ou capotamento, por exemplo.

 

 

De acordo com dados do Ministério da Saúde, a estimativa é que o uso desses acessórios salve a vida de uma criança por semana em todo o país: o número de mortes de crianças até os 8 anos de idade em acidentes de trânsito caiu cerca de 23% desde o início de vigência da lei até o ano passado.

Segundo pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisa Aplicada (Ipea), a maior parte dos óbitos acontece entre crianças até os 2 anos de idade: entre setembro de 2005 e agosto de 2011, do total de mortes acontecidas por acidente de trânsito entre crianças 32% foram de crianças nesta faixa etária. E atenção: a maioria deles nos finais de semana (42%) e nos meses de férias escolares (23,9%).

 

 

Mais do que convencida, não é? Então coloque esse item importantíssimo na lista do enxoval do bebê e aproveite para conhecer alguns modelos de cadeirinha e decida-se pelo o que melhor proteger seu filho.

Anterior:

Seguinte:

Deixe um comentário