Sintomas que indicam que o bebê pode estar com infecção no ouvido

Posted on Dec 27 2012 - 12:13pm by cristina.castillo@pannacottagroup.com

Seja qual for a idade, a dor de ouvido massacra qualquer ser humano, mas quando se trata da saúde do bebê ela pode ter causas bem variadas – e surpreendentes. O pior é que, como ele ainda não fala, muitas vezes a mamãe fica desesperada com aquele choro compulsivo sem saber o que está acontecendo, e é aí que entram algumas dicas para saber identificar os sintomas da infecção de ouvido.

 

 

Quando se trata da saúde do bebê, não se deve arriscar nada, e o melhor caminho quando se percebe que ele está com dor é o médico, identificando ou não o seu motivo. No caso do ouvido, as causas podem ser várias: desde bactérias, intolerância à lactose e derivados, água que entrou na hora do banho e até a forma como você amamenta a criança.

 
Isso mesmo, porque a posição em que a criança é amamentada tem influência na saúde do bebê, e muitas mamães, de primeira viagem ou não, nem imaginam que podem estar criando focos de otite ao amamentar ou dar mamadeira com o bebê deitado.

 

O que acontece é que o ouvidinho do bebê ainda não tem formada uma determinada curvinha na tuba auditiva, um canal que liga a parte de trás do nariz ao ouvido e que evita que o líquido, ao ser ingerido nesta posição, escorra para o ouvido e se acumule, e causando a infecção. Para se ter uma ideia, no adulto essa inclinação é de 45 graus, mas no bebê ela é de 10 graus apenas.

 
Mais comuns até os 7 anos de idade, ela costuma acometer também por problemas que nem têm a ver com o ouvido diretamente, como problemas de articulação da mandíbula e ainda problemas na garganta ou nos dentes. Os otorrinolaringologistas, no entanto, afirmam que algumas formas de você reconhecer os sinais da infecção de ouvido propriamente dita.

 
Há dois tipos de otite. A externa ocorre com mais frequência no verão por causa da alta umidade do ar somada ao calor, e normalmente a criança acaba levando a mãozinha ao ouvido, o que indica o local da dor. Já a otite média aguda não é muito comuns em crianças pequenas.

 


Além de observar se ele leva as mãozinhas ao ouvido, há outros sinais: a criança chora muito e não consegue dormir, balançando a cabecinha de um lado para o outro como se dissesse “não”; preste atenção ao tipo de choro, que costuma ser bastante agudo, típico de criança irritada; coloque o dedo suavemente debaixo do sino da orelha e observe: se ele reagir é porque a dor é ali.

 
Você deve leva-lo ao médico, mas se isso não for possível naquele exato momento, há algum paliativo, como um algodãozinho embebido em álcool, mas sem pingar e um analgésico que tenha sido passado pelo pediatra. A melhor medida, no entanto, é levá-lo imediatamente ao pediatra.