Do Começo: Deu certo criar rotina pro bebê!

Posted on Jan 30 2013 - 12:22pm by cristina.castillo@pannacottagroup.com

Vocês devem lembrar que em meus posts anteriores eu citei dois livros que li e tomei como base para estabelecer uma rotina para a Maria Eduarda. O “Nana Neném” e o livro azul da “Encantadora de Bebês”. Devem lembrar também que eu me comprometi de dizer se funcionou ou não. Quem não lembra pode acessar esse post aqui. Quem lembra pode continuar lendo que vai entender sobre o que eu estou escrevendo.

 

Bem, em resumo, ambos os livros falam sobre a adoção de uma rotina para o bebê desde que ele chega em casa. Para ambos os livros é de extrema importância que a ALIMENTAÇÃO seja regida pelos pais. Ou seja, de três em três horas, o bebê chorando de fome ou não, a mãe vai lá e oferece ou o peito ou a mamadeira. Com base na teoria do livro, esta rotina é a chave para um bebê seguro, tranquilo e que dentro de pouco tempo estará dormindo a madrugada inteira.

 

A rotina consiste em ALIMENTAR, TROCAR FRALDA, UM ESTADO DE VIGÍLIA EM QUE PODEMOS BRINCAR, DAR BANHO, ETC, E DEPOIS DORMIR. O segredo é que com a rotina o bebê não dorme mais que o necessário durante o dia, fazendo as madrugadas serem mais tranquilas.

 

Nem preciso dizer que funcionou, né? Mesmo com todos os probleminhas que a Duda teve, infecção urinária, vários exames para fazer, eu tentei manter ao máximo a rotina das mamadas de três em três horas. O resultado disso foi, até anteontem a Duda acordava uma vez por volta das 2:30 da manhã para mamar e outra às 5:30/6:00. Desde anteontem, como o livro “promete” ela já dorme direto e só acorda às 6:00. Ou seja, ela automaticamente já abandou a mamada da madrugada.

 

O segredo para dar certo comigo foi dar a última mamada dela lá por volta das 22:00/22:30. E, essa mamada eu sempre dou complemento e tiro meu leite na bombinha para armazenar e não deixar de estimular o seio (tiro uma média de 120ml – 60ml de cada seio). Dou o complemento por pesar mais e ajudar o bebê a dormir.

 

Durante esta semana ainda estou de olho para ver se o resultado positivo se mantém, mas estou tão feliz com os primeiros sinais de que deu certo que resolvi compartilhar com vocês. Uma outra coisa da rotina que é bom não alterar muito são os horários dos banhos. Eu sempre dou um às  10:30 e outro às 20:30/21:00. Depois do banho da noite ela já sabe que se aproxima a hora de dormir. É o ritual do sono que é super importante para a criança ir para a cama sem choramingar, e sem ficar naquele acorda e dorme interminável.

 

Outra dica importante das mamadas noturnas e da madrugada é de NUNCA, em hipótese alguma, acender a luz e conversar com o bebê. Faço tudo à meia luz, para  não agitar a Duda. E, o mais importante, não converso, não brinco, acaricio ela durante a mamada da madrugada em silêncio.  Nada de musiquinhas, na madrugada! E os movimentos são sempre lentos. Ela precisa entender que a CASA está dormindo, sonolenta e devagar. Juro que ajuda!

 

O resultado do livro para mim é  um bebê calmo e tranquilo em casa. Um bebê previsível. Quando ela chora muito logo desconfio, pois como ela não precisa chorar para comer, trocar fralda, etc, quando ela está muito chorona já fico de olho! Sendo assim fico mais segura, e ela também. Super, ULTRA, MEGA recomendo a leitura dos livros e a aplicação deles. E não sou a única! Acho que tem coisas que podem ser ponderadas de acordo com cada um, mas a necessidade de uma rotina é sem dúvida a diferença entre um bebê estressado e um bebê calmo.

 

VOU POSTAR ABAIXO A ROTINA DA MARIA EDUARDA PARA AJUDAR AS MAMÃES. É CLARO QUE, QUANDO PRECISO MUDO UMA COISA OUTRA, MAS  O  IDEAL É TENTAR NÃO FUGIR MUITO. Já montei a rotina inclusive pensando em quando a Maria Eduarda estiver na creche. Assim não preciso mexer muito nela. Veja abaixo:

 

6:00 – Primeira mamada do dia/trocar fralda/dormir

(Enquanto ela dorme eu já posso ir me arrumando para  ir trabalhar quando ela  já for para a creche)

 

8:30/9:00 – Mamar/trocar fralda

9:45 – banho de sol ou brincar

(Quando ela estiver na creche a mamada será substituída por papinha e a atividade será o passeio até a creche –  que ela deve dormir pois carro é sonífero para bebê)

10:30/11h – banho

(Quando ela estiver na creche esse banho será dado lá, assim depois do banho ela dorme mais um pouco até a hora da próxima alimentação)

 

12h – Mamar/trocar fralda

(Na creche será papinha)

12:45 – Brincar e depois dormir até a próxima alimentação

 

15h – Mamar/trocar fralda

(Na creche será papinha)

15:45 – Brincar e depois dormir até a próxima alimentação

 

17:30/18:00 –  Mamar/trocar fralda

(Esse horário estarei buscando ela na creche – assim ela já sai alimentada – no caminho para casa dorme)

19h – tempo com o papai brincando/ dormindo

 

20:30/ 21h – banho relaxante (depois do banho rola massagem, quarto à meia luz, musiquinha, histórinha, mamãe e papai cantando, móbile, cada dia uma coisa diferente para ela  ir se preparando para dormir, geralmente essa mamada é com o papai)

22h/22:30 – Mamar / Dormir

(Antes da 8ª semana ela acordava de madrugada para mamar. A partir da oitava não acordou mais. Mas, mesmo antes da oitava não precisamos acordar  o bebê para mamar de madrugada. Deixamos ele acordar sozinho. E de madrugada a lei do silêncio é a regra para a mamada ser tranquila e o  bebê voltar a dormir).

 

ESSA ROTINA É VÁLIDA ATÉ  A 15ª SEMANA POIS A PARTIR DA 16ªATÉ A 24ª SEMANA O NÚMERO DE MAMADAS REDUZ DE CINCO A SEIS MAMADAS PARA QUATRO A SEIS SENDO TRÊS COMPLEMENTADAS COM PAPINHA, OU SEJA, NA ÉPOCA DA CRECHE)

 

Branca Andrade é jornalista e acabou de ganhar a primeira filha. Como mamãe de primeira viagem, vai escrever regularmente aqui no Do Começo. Acompanhe!