O que uma grávida de meninos precisa saber?

Posted on Feb 13 2013 - 11:30am by cristina.castillo@pannacottagroup.com

Muitas vezes as mulheres reclamam do machismo dos homens e da sua falta de sensibilidade em vários assuntos e esquecem-se que eles foram criados por mulheres. Por isso é já durante a gravidez que as futuras mamães devem começar a se preocupar em como vão educar meninos, principalmente porque várias vezes serão mães que, pela própria vida, sabem muito pouco sobre o universo masculino.

E chega até a ser engraçado descobrir alguns aspectos físicos mesmo, como de repente perceber que um bebê pode ter ereção e ficar enrolada sem saber se fecha a fralda com o pintinho para cima ou para baixo! (É pra cima mesmo, ele não quebra não!)

É sim, durante a gravidez, que a futura mamãe deve começar a se perguntar como é educar meninos, já que, pelo menos se você não tiver tido irmãos, muito dificilmente vai saber que o bebê vai chegar uma hora em que não vai querer largar o pintinho. E aí, deixa rolar ou tenta cortar a mania? Bem, se doer, ele pára, não é mesmo?

Mas a educação das crianças vai além do constrangimento ocasional da fase em que ele perguntar a todo mundo se tem pênis, já que é por volta dos 2 ou 3 anos que a criança começa a perceber que meninos são diferentes de meninas.

 

É desde a gravidez que se deve pensar que ser companheira, se interessar pelos jogos de futebol, marcas de carro e os últimos feitos do super-herói favorito é bem mais do que se surpreender com algumas curiosidades anatômicas.

 

Muitas mães defendem que a educação das crianças tem que ser humanizada e voltada para o próximo, para a empatia e para a sensibilidade para com o outro. Uma geração de meninos que se tornarão homens mais próximos de suas mulheres e de suas mães e pais, porque foram criados assim. Homens e companheiros, em toda a sua plenitude.